“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo”. (Efésios 4:7)
igreja-pessoas-comunhao

Como Deus quer a Sua Igreja.

TEMA: Vida Cristã

ASSUNTO: Como Deus quer a Sua Igreja.

TEXTO: Atos 20:6-12

No atual contexto nos deparamos com uma enorme variedade de igrejas e denominações, de certa forma, isso é até bom para que a multiforme Graça de Deus seja manifestada (I Pedro 4:10). Contudo, isso pode ser perigoso, pois, como identificar que uma igreja está correta?

No tempo do apóstolo Paulo, ele escrevia e viajava pelas comunidades cristãs ensinando a Palavra de Deus para que não “estejais passando tão depressa daquele que vos chamou na graça de Cristo para outro evangelho” (Gálatas 1.6).
Ao visitar a Igreja em Trôade, Paulo prestou serviços pastorais àquela comunidade que parecia ser uma Igreja verdadeira que Paulo afirmava ser uma Porta que Deus abriu para ele (II Coríntios 2.12). Trôade também parecia ser um lugar de passagem (Atos 16.11 e 20.5), ou local estratégico para as demais viagens missionárias. Talvez Paulo tivesse ali uma casa ou local de pousada onde deixava roupas e livros (II Timóteo 4.13).
Nesta viagem a Trôade aconteceu um fato muito marcante que foi a ressurreição do jovem Êutico. Este milagre mostra que aquela Igreja era uma comunidade verdadeira onde Deus tinha liberdade para agir. Com algumas informações do texto sobre esta igreja podemos aprender o que Deus quer de sua Igreja.

A igreja verdadeira deve possuir as seguintes características:
1- Adoração verdadeira:

v.7a “No primeiro dia da semana, estando nós reunidos com o fim de partir o pão”
“vem a hora e já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque são estes que o Pai procura para seus adoradores.Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade” (João 4.23,24).

2- Prioridade as Escrituras:

v.7b “Paulo, que devia seguir viagem no dia imediato, exortava-os e prolongou o discurso até à meia-noite”
Deus quer uma Igreja que ame examinar as escrituras (João 5.39).
Quem não gosta de pregação é incrédulo, pois “a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo” (Romanos 10.17).

3- Luminescência:

v.8 “Havia muitas lâmpadas no cenáculo onde estávamos reunidos”
Jesus disse que a Igreja é “a luz do mundo” (Mateus 5.14) e que cada cristão deve manter sua luz acesa para iluminar “para que vos torneis irrepreensíveis e sinceros, filhos de Deus inculpáveis no meio de uma geração pervertida e corrupta, na qual resplandeceis como luzeiros no mundo” (Filipenses 2.15).

4- Vigilância:

v.9 “Um jovem, chamado Êutico, que estava sentado numa janela, adormecendo profundamente durante o prolongado discurso de Paulo, vencido pelo sono, caiu do terceiro andar abaixo e foi levantado morto”
O Senhor da Igreja quer um povo vivo e fervoroso, não uma igreja morna (Apocalipse 3.15,16).

5- Compaixão pelos fracos:

v.9 “Descendo, porém, Paulo inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a vida nele está”
O amor é a base do poder porque a “fé age pelo amor” (Gálatas 5.6).

6- Comunhão calorosa e contínua:

v.9 “Subindo de novo, partiu o pão, e comeu, e ainda lhes falou largamente até ao romper da alva. E, assim, partiu”

7- Felicidade no Serviço:

v.9 “Então, conduziram vivo o rapaz e sentiram-se grandemente confortados”
“a igreja, na verdade, tinha paz por toda a Judéia, Galiléia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor, e, no conforto do Espírito Santo, crescia em número” (Atos 9.31).
“fazei tudo sem murmuração nem contendas” (Filipenses 2.14) e “e possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens” (Romanos 12.18).

CONCLUSÃO:

-Priorize a palavra de Deus em sua vida e em todas as reuniões da igreja;
-Tenha testemunho de vida não deixando sua lâmpada apagar;
-Fique vivo, acordado e nunca em cima do muro;
-Abrace a todos com amor;
-Não permita que nada impeça sua comunhão com Deus e com os irmãos;
-Venha para a Igreja com alegria em seu coração.
Seja um cristão verdadeiro e ajude sua Igreja ser como Deus quer!

 

Pr Hugo Cunha