“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo”. (Efésios 4:7)
manoel2

O legado a nós confiado!

O LEGADO DO PASTOR MANOEL TEIXEIRA DE MORAIS

“…senti a necessidade de vos escrever, exortando-vos a pelejar pela fé que de uma vez para sempre foi entregue aos santos” (Judas 3).

Em 1967 chegava no Distrito Federal, o evangelista, pastor e ministro da Aliança das Igrejas Cristãs Evangélicas do Brasil,
Manoel Teixeira de Morais, o reverendo Manoel junto ao Pastor Wilson Pereira de Brito e o Professor Valdey Ferreira Leite
foi fundador das primeiras igrejas da AICEB no Núcleo Bandeirante, Gama e Taguatinga, sob a direção de João Canfield,
missionário canadense-estadunidense destacado para a coordenação dos trabalhos de evangelização na capital brasileira.
Casado com Eldina Silva Morais, o pastor evangelista anunciava com precisão e estratégia a palavra de Deus resultando no
rápido crescimento da Igreja já estabelecida e a criação de novas congregações e Igrejas para a AICEB.
Mais tarde o Pastor Manoel, se desliga da Aliança e passa evangelizar de forma independente as famílias do bairro Ceilândia,
vindo a fundar posteriormente nesse mesmo bairro a Igreja Cristã Evangélica Betânia, que carregava a identidade aicebiana
na liturgia e no modo de vida da igreja que era tradicional e conservadora.
Enquanto exerceu seu ministério independente, apoiou e fundou congregações como em Águas Lindas, Gama, Recanto das Emas,
Samambaia, Girassol, entre outras, e manteve sempre um bom relacionamento com os ex companheiros de denominação.
Em 1999 com uma comitiva, sai de Brasília rumo ao Ceará a fim de organizar a Igreja Cristã Evangélica Betânia, na cidade de Farias Brito,
fruto do trabalho destemido e desbravador da Missionária Erisleide Rodrigues Guedes que havia se convertido na igreja de Ceilândia e foi
morar em sua cidade natal, anunciando o evangelho primeiramente a crianças e alcançando os adultos. Na ocasião a pequena Igreja localizada
em Nova Betânia, já contava com 24 membros batizados sem contar os membros arrolados e crianças.
Pastor Manoel era doutrinariamente conservador e um homem piedoso, carismático, humilde e de grande sabedoria. Antes de partir para glória
no ano de 2012 contou a Hugo Cunha, hoje pastor da ICE Betânia no Ceará, o desejo de ver mais pessoas chegando ao conhecimento da verdade
e sendo salvas e que gostaria de ter feito muito mais pela causa do evangelho.
A Igreja no Ceará conserva a memória, as doutrinas e a simplicidade ensinadas pelo Pastor Manoel que foram repassadas a liderança local
e permanecem vívidas nos dias atuais.

“A memória deixada pelos justos será uma bênção” (Provérbios 10:7)

* Síntese do legado do Pastor Manoel para a ICE Betânia do Ceará.