“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo”. (Efésios 4:7)

Pode um suicida entrar no Reino de Deus?

PARA REFLETIR:

PODE UM SUICIDA ENTRAR NO REINO DE DEUS?

Por muitas vezes somos confrontados com esta pergunta que além de polêmica, causa muita dor e frustração quando se responde aqueles que têm um amigo ou familiar que tenha cometido suicídio.

Na bíblia encontramos seis situações em que pessoas cometeram suicídio:

1. Abimeleque se matou por vergonha em Juízes 9:54;
2. Saul tirou sua vida por medo e vergonha em 1 Samuel 31:4;
3. O pajem de armas de Saul se matou por medo em 1 Samuel 31:4-6;
4. Aitofel se matou por vergonha, orgulho e medo em 2 Samuel 17:23;
5. Zinri tirou sua vida por desespero e medo em 1 Reis 16:18;
6. Judas Iscariotes se mata por remorso após trair Jesus em Atos 1:18.

Entre esses casos, apenas sobre o pajem de armas de Saul não há informações suficientes sobre seu caráter, já os demais foram maus em suas obras, o que nos leva a perceber que o suicídio é, sem dúvida, uma ação que não se identifica com os servos de Deus e uma conduta cristã marcada por uma vida em busca de santidade, sendo portanto também incompatível com a doutrina da perseverança dos santos.

“Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.” (Filipenses 1:21)

Vários Teólogos falsamente interpretam a morte de Sansão como um exemplo de suicídio em Juízes 16:26-31, desconsiderando a segunda regra mais importante na exegese a regra do contexto, que demonstra que a motivação de Sansão não foi o desejo de acabar com sua vida (suicídio) mas de matar os filisteus que zombavam do Deus de Israel.

Sabemos que o que determina a condenação do indivíduo é o pecado tão somente, mas que também onde abunda o pecado, superabunda o perdão de Deus, então Deus perdoaria o pecado dos assassinos de si mesmos?

Em Apocalipse 21:8 encontramos:

“Mas os covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os que praticam feitiçaria, os idólatras e todos os mentirosos — o lugar deles será no lago de fogo que arde com enxofre”. Esta é a segunda morte.

E também em Êxodo 20:13 “Não matarás”.

O suicídio é auto assassinato e a autenticidade da fé de qualquer pessoa que afirma ser um cristão, mas mesmo assim comete suicídio é contestável.

A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. (Mateus 7:18,19)

Querendo saber mais, visite nossos cultos doutrinários, aos sábados as 19h.